BLOGManejo na pecuáriaNoticias - Blog

Boi ladrão, como evitá-lo no confinamento?

O boi ladrão é aquele animal que no sistema de confinamento consome tanto quanto os outros do lote, porém não converte o alimento em carcaça.

Por não ganhar peso, certamente ele não paga os custos do sistema.

Isso geralmente acontece porque alguns animais não conseguem se adaptar ao modelo de confinamento.

Por isso, acabam ficando com alto nível de estresse, o que muitas vezes prejudica a saúde dele, podendo até fazê-lo adoecer.

Pecuarista, fique atento à algumas situações que podem gerar desconforto do gado e que consequentemente, diminuem a rentabilidade do rebanho.

VEJA TAMBÉM: Os custos dos insumos X a produtividade no confinamento 

Vamos a alguns sinais de que algo está errado?

  • Animais que apresentem o vazio muito fundo
  • Narinas secas
  • Falta de ruminação
  • Fuga do curral
  • Isolamento dos outros animais

Tenha uma atenção especial a esses animais, e faça sempre que possível uma adaptação de 2 semanas para evitar o boi ladrão.

É importante que o pecuarista fique atento, principalmente nos primeiros dias de confinamento.

Portanto, se esse comportamento se prolongar, retire o animal do curral e leve-o para um piquete.

Em alguns casos, a única alternativa é voltar o animal à pastagem.

Boi ladrão, não! Evite essas situações:

Dica Premix: faça um planejamento prévio do tamanho do lote e o espaço disponível por animal.

Considere também a alimentação um fator importante para a adequação ao sistema.

Talvez nos primeiros dias, por exemplo, será necessário aumentar a porcentagem de forragem na alimentação e gradativamente incluir os grãos.

Outro ponto de atenção são as condições climáticas que podem afetar diretamente a produtividade.

Pois em suma, muita chuva ou poeira no confinamento podem trazer problemas para a saúde do seu rebanho.

Dica bônus:

Conheça os produtos Premix para suplementação animal no confinamento.

Está precisando conversar com um especialista para tirar dúvidas sobre o melhor para o seu rebanho?

Fale com os nossos Técnicos Digitais, um serviço exclusivo da Premix.

Você será atendido por um zootecnista especializado, pronto para ajudar, e entender melhor o boi ladrão.

Ele poderá criar fórmulas específicas para o seu rebanho, entendendo a sua realidade a fim de traçar estratégias eficientes para os melhores resultados.

Além disso, é direto, sem boi na linha.

Não esqueça de voltar sempre no blog da Premix para conferir muitas outras dicas!

Qual é a sua reação?

Animado
2
Feliz
0
Apaixonado
0
Não tenho certeza
0
Bobo
0

Você pode gostar

Mais em:BLOG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.