Conheça 5 técnicas de castração na produção pecuária

Autor: Premix | Data: 03-05-2019

Tags: , ,

A castração na pecuária de corte traz muitos benefícios para o pecuarista, seja no manejo do gado ou na qualidade da carcaça entregue ao frigorífico. É recomendado que ela aconteça já nos primeiros dias de vida do bezerro macho, pois isso ajuda na cicatrização e facilita a contenção do animal.

Conheça 5 técnicas de castração na produção pecuária

As técnicas para isso podem ser cirúrgicas ou não. A escolha fica por conta do pecuarista e da habilidade do profissional da fazenda.

VEJA TAMBÉM: Melhores práticas para o desmame do bezerro

Mas para te ajudar a entender um pouco mais sobre o tema, elencamos abaixo algumas técnicas de castração de bovinos:

Burdizzo

É uma técnica não cirúrgica que utiliza um alicate, ou burdizzo para interromper a circulação de sangue para os testículos.

Vacina anti-GnRH

Também é uma técnica não cirúrgica e menos agressiva. A vacina aplicada interrompe o desenvolvimento dos testículos do animal.

Castração química

Consiste em aplicar diretamente nos testículos uma solução que atrofia que impede o seu funcionamento normal.

Castração parcial ou russa

É uma cirurgia menos agressiva, o boi tem retirado do testículo apenas o parênquima espermático.

Retirada dos testículos

A técnica Orquiepididectomia bilateral é uma intervenção cirúrgica que pode acarretar infecções e bicheiras. Além disso, o tempo de recuperação do animal é prolongado. A técnica consiste em retirar os testículos através de cirurgia.

Fique de olho aqui no blog da Premix para conferir ainda mais dicas produtivas para a sua propriedade! Até mais.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Posts Relacionados

Como a tecnologia pode trazer mais produtividade na pecuária

4 cuidados com o pasto no período da seca

Por que fazer o pastejo rotacionado?

3 vantagens da criação de ovinos