Mula ou cavalo? Como escolher o melhor animal para a lida com o gado

Autor: Premix | Data: 07-08-2019

Tags: , ,

Não importa o tamanho da propriedade, seja no Sul, Norte ou Centro-oeste, os animais de lida como gado são fundamentais na atividade pecuária.

Nas propriedades rurais, principalmente aquelas de criação de gado a pasto, uma tropa sadia e bem adestrada vai fazer a diferença no acompanhamento do rebanho.

Como diz o ditado, “é olho do dono que engorda a boiada”. Então, para acompanhar de perto o gado, o uso de equinos ou muares é fundamental para o manejo do rebanho!

VEJA TAMBÉM: Pode-se usar a mesma suplementação para equinos e bovinos?

A escolha dos animais é a primeira maneira de garantir uma tropa adequada ao trabalho no campo, mas como escolher os melhores? Qual é a melhor espécie? Muares ou cavalos?

Agora vamos mostrar a você como escolher o melhor animal para a lida com o gado!

Os burros ou mulas são animais híbridos, ou seja, são a junção de duas espécies diferentes. Essa espécie é resultado do cruzamento de uma égua com um jumento, e por isso, consegue associar as melhores características deles em um único animal.

O burro é o nome dado ao animal macho resultado desse cruzamento, já a mula é animal fêmea.

Chamar alguém de mula é sem dúvida uma maneira de ofender essa pessoa. Mas, diferente do que se pode pensar, os muares são extremamente inteligentes e essa capacidade de aprender e trabalhar no campo é sem dúvida uma grande vantagem na lida com o gado.

Em compensação, os burros e mulas muitas vezes, são animais de porte pequeno. Sua pelagem acinzentada e orelhas grandes conferem uma aparência mais frágil e rústica. Mas não se engane, esses animais têm uma capacidade além de sua aparência estética!

Já o cavalo, além de ser um animal importante para o trabalho no campo, também é usado no esporte e no lazer. Seu porte atlético, sua beleza e seu temperamento dócil e sociável faz dele um animal admirado até por quem não é do campo.

Docilidade e facilidade no manejo

A inteligência do cavalo já é muito conhecida, uma vez que esses animais são utilizados em provas e competições esportivas.

Além disso, o cavalo também é muito conhecido pela sua capacidade de interação com o humano, uma vez que reconhece o seu dono e percebe facilmente os estímulos ao seu redor.

Os muares, ao contrário da crença popular, são animais extremamente inteligentes também.

Eles têm uma grande capacidade de aprendizado e são animais que gostam de trabalho, o que é uma grande vantagem na lida com o gado, além disso, são muito fiéis aos donos.

São também muito eficazes na condução da tropa por trilhas sinuosas, uma vez que evitam situações de risco e têm espírito de sobrevivência aguçado.

Longevidade

Os burros e as mulas são animais que podem trabalhar quase uma vida toda. Eles podem chegar até os 35 anos de idade, sendo que há registro de animais que ultrapassaram em muito esse tempo.

Mas o que mais impressiona neles, é o vigor e a saúde que têm ao longo da vida.

Esses animais dificilmente adoecem ou têm algum problema de saúde durante a vida útil, o que garante ao pecuarista uma boa previsibilidade e baixo custo na manutenção da tropa.

Força e Resistência

A força dos muares é algo impressionante. Eles são capazes de tracionar até 50% do seu próprio peso, enquanto os cavalos suportam cerca de 30% do seu peso corporal.

Além disso, os muares têm a capacidade de controlar a perda de água e sais pela transpiração, o que confere a eles uma resistência superior aos demais animais de lida.

Do ponto de vista de resistência, os burros e mulas são animais extremamente rústicos. Por isso, requerem pouco atenção e cuidados, já que têm alta resistência a infestação de carrapatos ou vermes, por exemplo.

DESSE POST VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR: O que considerar no manejo de equinos em baias

Outro ponto positivo dos muares em relação aos cavalos são os cascos. Os muares têm cascos extremamente duros, o que em pisos planos pode dispensar o uso de ferraduras.

Além disso, são animais que se comportam muito bem em trilhas com pedras e com subidas íngremes, tornando-se facilitadores em terrenos irregulares.

Independentemente da sua escolha, cavalo ou burro, o importante é manter os animais na propriedade sempre saudáveis e bem nutridos. Assim, a tropa estará sempre pronta para a lida com o gado.

Gostou deste conteúdo? Aqui blog da Premix nós temos outros assuntos relacionados ao manejo na fazenda. Acesse diariamente!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Posts Relacionados

3 vantagens da criação de ovinos

Desfrute da pecuária de corte: entenda na prática!

Como fazer o melhoramento genético do rebanho

Acordo entre Mercosul e UE: o que esperar para a pecuária?