Modelos de pasto para cada tipo de solo
Na hora de escolher o tipo de pastagem, é muito importante que o pecuarista leve em consideração as variáveis de clima, solo e pluviosidade.
BLOGCorte - PastoNoticias - Blog

Qual a pastagem ideal para o meu solo?

No Brasil cerca de 95% da carne bovina é produzida em regime de pastagem.

Na hora de escolher o tipo de pastagem, é muito importante que o pecuarista leve em consideração as variáveis de clima, solo e pluviosidade.

Sabemos que o sucesso da pecuária está diretamente ligado à alimentação, por isso recomendamos que conte sempre com uma orientação profissional na escolha da pastagem e da suplementação para garantir a maior produtividade.

A dieta do rebanho deve possuir uma quantidade ideal de energia, fibras e proteína, garantindo assim que pastagem junto da suplementação, forme um ciclo produtivo eficaz e com padrão adequado de carne exigido pelos consumidores.

Por essa razão, os tipos de capim para o gado devem ser cuidadosamente escolhidos, levando em conta a produtividade da própria pastagem e, claro, o paladar do rebanho. Depois de definida a forrageira, é sobretudo necessário fazer o manejo correto dessa pastagem.

Conheça os tipos mais comuns de solo e as pastagens mais adequadas para eles:

Solos com alta fertilidade

Solos férteis, acarretam maiores investimentos, porém produzem uma pastagem com maior capacidade produtiva, alto valor nutritivo e palatabilidade, fato dado por gerar muitas folhas e poucos colmos, algo desejado pelos bovinos. Por exemplo:

  • Capim Tanzânia
  • Capim Mombaça
  • Capim Zuri
  • Capim Tifton

Solo com média fertilidade

Nas áreas de baixa e média fertilidade, é indicado tomar cuidado com os nutrientes mais limitantes da pastagem e procurar aplicá-los na dose certa e de forma equilibrada. Alguns tipos de capim abaixo só para exemplificar:

  • Capim Marandu
  • Capim Xaraés
  • Capim Paiaguás

Solo com baixa fertilidade

As braquiárias são de longe, o grupo de pastagem mais utilizado no Brasil, já que as suas forrageiras são bastante flexíveis e se adaptam facilmente aos diferentes climas (maior tolerância à seca e ao frio) e níveis de fertilidade do solo, por terem raízes profundas e vigorosas, são muito utilizadas em solos pouco férteis:

  • Brachiaria Decumbus
  • Brachiaria Humidícola

Percebeu que não existe um tipo de capim que seja o melhor? 

Existe sim, a pastagem ideal para a sua propriedade, e seu tipo de solo. Em resumo, é comum que a pastagem escolhida não seja somente uma, e sim que elas sejam complementares, já que essa diversidade supre as necessidades nutritivas do rebanho nas diferentes épocas do ano, sejam em períodos de águas ou de secas.

Gostou de conhecer os diversos tipos de pasto? Então você também vai gostar deste texto: Mitos e verdades sobre o pasto

Qual é a sua reação?

Animado
0
Feliz
1
Apaixonado
0
Não tenho certeza
0
Bobo
0

Você pode gostar

Mais em:BLOG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *