Tudo sobre o Wagyu, a carne mais valorizada do mundo

Autor: Premix | Data: 17-04-2019

Tags: , ,

Nos últimos anos, a carne bovina alcançou o status de “item de luxo” nos restaurantes. Assim como o caviar e a lagosta, a carne vermelha também disputa a posição de prato mais caro da casa, principalmente quando a carne é o Wagyu.

O Wagyu é originário do Japão e foi formado por raças trazidas pelos japoneses aproximadamente em 1900. Raças como Simental, Pardo Suíço e Ayshire foram cruzadas e sofreram melhoramento genético devido ao isolamento da região, e em 1944 a raça Wagyu foi oficialmente denominada.

Da tração no campo ao prato dos apreciadores de carne nobre

A princípio, esses animais chegaram no país do sol nascente com a função principal de servir como tração nos campos de arroz como mostramos a você neste texto.

Com o tempo, sua carne foi ganhando fama pelo sabor e o aspecto parecido com mármore. Isso transformou a carne do Wagyu em uma das mais desejadas do mundo!

LEIA TAMBÉM: Os 5 cortes mais comuns no churrasco

Abaixo você confere outras curiosidades sobre essa carne de sabor inesquecível e alto preço no mercado:

O ambiente de criação é stress-free

Os produtores japoneses são extremamente cuidadosos na criação desses animais. Os bovinos desta raça têm um tratamento especial que inclui massagem, música clássica, curral aquecido e alguns até bebem cerveja!

Todo a atenção é para garantir o que os pecuárias chamam de ambiente stress-free, ou seja, um local livre de estresse para os animais.

Os bezerros , assim que nascem, já recebem atenção especial. Nos primeiros anos de vida eles são criados pastando livremente, e na fase adulta são alimentados com uma formulação especial de grãos que pode incluir até 15 ingredientes que vão de azeitonas a derivados de cerveja.

Esses animais nunca recebem aditivos químicos que reduzem o tempo de produção para o abate. O objetivo é para garantir que o sabor e a qualidade carne não sejam afetados.

O tempo, a dedicação e os cuidados na criação é que irão refletir nas características tão peculiares da carne.

A carne é mais saudável

Outra característica do Wagyu e que ajudou a carne a ganhar fama pelo mundo é que se trata de uma carne mais saudável, devido ao tipo de gordura presente nela.

A carne Waguy tem gordura rica em ômega-3 e ômega-6 e seu marmoreio contém gorduras não-saturadas, conhecidas como “gorduras boas”, além de baixa concentração de gordura saturada.

O custo é alto, mas vale cada centavo

Nos churrascos de domingo a rainha das carnes é a picanha, peça considerada uma carne de primeira por sua maciez e a porção de gordura.  Mas mesmo a melhor das picanhas não alcança a maciez e a explosão de sabor proporcionadas pelo Wagyu, e esse é um dos motivos do valor extremamente elevado da carne.

O outro fator que interfere no valor dela é o sistema de produção. Diferente de outros animais criados em grandes extensões, o Wagyu demanda uma atenção especial e alto investimento do produtor, o que também justifica sua fama de carne mais cara do mundo.

Grau de marmoreio vs valor do produto

O Kobe Beef, ou seja, um boi produzido em Kobe, no Japão, pode ter sua carne vendida por até mil dólares o quilo, uma iguaria acessível a poucos sortudos!

O valor se justifica, dado que a carne é qualificada conforme o grau de marmoreio de gordura entremeada. No Japão a classificação vai de 1 a 12 e serve como referência para precificar o produto.

No Brasil a escala vai de 1 a 8 e não há variação de preço conforme a classificação da carne. Normalmente, em grandes restaurantes, um prato à base de Wagyu pode custar entre R$ 150,00 a R$ 220,00. Lembrando que esse é o valor de somente um pedaço.

O segredo do marmoreio

É claro que há carnes sem marmoreio e que são extremamente macias, mas não há dúvidas de que ele aumenta a maciez, isso sem falar no aspecto atraente proporcionado pela gordura e no sabor, que são outros grandes diferenciais de uma carne com marmoreio!

A generosa porção de gordura que a carne possui proporciona um sabor extremamente agradável ao paladar. Por essa razão a carne com grande nível de marmoreio, como é o caso do Wagyu, ganha cada vez mais espaço em grandes restaurantes pelo mundo.

Abaixo você confere uma ilustração dos níveis de marmoreio na carne bovina:

Níveis de marmoreio na carne bovina - Wagyu

E se quiser conhecer sobre carnes e assuntos relacionados a pecuária é só ficar de olho aqui no blog Premix!

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Nelson SantanaSandoval Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Sandoval
Visitante
Sandoval

Excelente matéria. Esse blog da Premix está excelente!

Nelson Santana
Editor
Nelson Santana

Obrigado amigo, ficamos felizes com o seu comentário.

O nosso objetivo é levar informações importantes para promover a produtividade na pecuária.

Posts Relacionados

Saiba tudo sobre o Livro Caixa Digital do Produtor Rural

Pecuária, uma atividade sustentável

Como a tecnologia pode trazer mais produtividade na pecuária

4 cuidados com o pasto no período da seca