Mitos e verdades sobre o sal mineral para o gado

Autor: Premix | Data: 17-04-2019

Tags: , ,

A correta mineralização garante a produtividade do rebanho o ano todo, isso é fato. Mas, caso você acredite que sal mineral é tudo igual, nós listamos algumas informações que comprovam que isso não é bem assim. Veja alguns mitos e verdades:

Sal mineral é tudo igual – Mito

Cada produto tem uma formulação específica, com níveis de micro e macroelementos. Os minerais mais comuns são: cálcio, fósforo, magnésio, sódio, zinco e iodo, cobre, cobalto, selênio e manganês.

O mais importante é buscar um acompanhamento técnico para saber a real necessidade dos seus animais, conforme o clima e a pastagem da sua região.

ENTENDA TAMBÉM: A diferença entre sal mineral e sal comum para o gado

Quanto mais minerais, melhor é o sal – Mito

Esse tipo de comparação pode levar ao pecuarista a comprar gato por lebre, pois, além da concentração dos minerais, é fundamental levar em conta o consumo do produto por cabeça. Ou seja, no final das contas o que vale é suplementação correta que o animal irá consumir.

O cocho interfere no consumo do gado – Verdade

Os cochos devem receber uma atenção especial do produtor. Fique atento ao tamanho e à quantidade, a fim de que todos os animais tenham acesso.

Evite instalar o cocho em locais de difícil acesso para o abastecimento e também para os animais, principalmente em época de chuvas, que podem formar atoleiros e buracos no entorno. Se possível, dê preferência para os cochos com cobertura, evitando o acúmulo de água e o empedramento do sal.

Existe sal diferente para cada época do ano – Verdade

Dependendo da época do ano, o animal apresenta uma necessidade diferente de suplementação. Na época da seca, por exemplo, a forragem diminui os níveis de proteína e digestibilidade, vitaminas e minerais, essenciais na nutrição do animal.

No fim desse período, com a brotação do capim, o animal também sofre com a composição da pastagem, com baixa porção de fibras.

Importante: não esqueça de sempre buscar ajuda de um especialista para um acompanhamento personalizado das demandas da fazenda.

E aqui tem um case bem legal sobre o assunto 👉: veja como a Fazenda Paredão teve resultados positivos com a alternância da suplementação.  Até a próxima!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Posts Relacionados

Saiba tudo sobre o Livro Caixa Digital do Produtor Rural

Pecuária, uma atividade sustentável

Como a tecnologia pode trazer mais produtividade na pecuária

4 cuidados com o pasto no período da seca